Projeto piloto atuará no combate ao desperdício de alimentos nas feiras

Por Vanessa de Oliveira |Do Diário do Grande ABC

1a1f8c64cf

Nem tudo que sobra de frutas, verduras e legumes nas feiras livres é lixo. Pelo contrário, pode alimentar muita gente. Pensando nisso, a Prefeitura de Santo André, em parceria inédita com a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e para a Agricultura), iniciou a campanha piloto do projeto denominado Pensar. Comer. Conservar: Diga Não Ao Desperdício.

O programa, que começará pela feira da Vila Luzita – a maior da cidade, com 70 barracas –, consiste na separação dos alimentos não comercializados pelos feirantes, que serão triados por uma entidade assistencial e encaminhados a famílias carentes. A iniciativa será analisada durante um mês. Tendo resultado satisfatório, a ideia é, até o fim do ano, expandir para as outras 73 feiras do município.

“É muito importante que haja um trabalho de divulgação e orientação, pois, muitas vezes, precisamos mudar a nossa atitude em relação à segurança alimentar”, destacou o prefeito Carlos Grana.

Esta notícia foi originalmente publicada no site Diário do Grande ABC.

Parceiros